font-size: 18px; Irreparável .comment-link

31 outubro 2014

[Semana do Terror] Resenha de "Antologia de contos extraordinários (Edgar Allan Poe)



"Um espetáculo!"


Sinopse: Esta coletânea reúne 13 contos de suspense de Edgar Allan Poe, o mestre das histórias de terror e um dos pioneiros do gênero policial. A seleção dos contos foi feita por Brenno Silveira e publicada originalmente pela Civilização Brasileira.









 Lembro que na minha adolescência cheguei a ler alguns contos isolados do Poe para fazer algum trabalho, que provavelmente tinha mais de teatro do que de escola, já que na época respirava textos teatrais. Também me recordo de ter curtido muito a leitura de O Gato Preto e O Poço e o Pêndulo. Não via na época os contos de Poe como terror, e hoje não mudei muito minha opinião sobre isso, mas enxergo uma dualidade entre os significados do que os contos dele propõe. 

29 outubro 2014

[Semana do Terror] Resenha de "Formaturas Infernais" (Vários autores)

"Mas o que foi isso?"

Sinopse: Nessa emocionante coleção de contos de terror, as autoras bestseller Meg Cabot (O Diário da Princesa), Stephenie Meyer (Twilight), Kim Harrison, Michele Faffe e Lauren Myracle se reuniram para mostrar que a formatura pode ser um evento muito mais aterrorizante do que se pensa. Problemas no guarda-roupa e um par que dança mal não são nada comparados a descobrir que vocês está dançando com a Morte – e que ela não está aqui para elogiar seu vestido. De problemas com vampiros até uma batalha entre anjos e demônios, estas cinco histórias vão divertir mais do que qualquer DJ em um terno brega. Nada de limusine ou vestido de gala: só uma grande dose de assustadora diversão.

Daí a pessoa compra um livro de contos empolgada porque ele tem histórias de várias autoras que todo mundo diz que são perfeitas no que fazem. Mas nem foi só por isso. Tem o fato de a temática dele ser de horror, e a pessoa que vos fala simplesmente adora essa pegada obscura nos livros. E então quando ela finalmente acaba a leitura - o que foi um suplício - percebe que foi enganada e que quer o dinheiro de volta. WTF, que merda foi essa?

28 outubro 2014

[Semana do Terror] TOP 10 - Filmes de Terror


Hi, people!
Sempre fui uma pessoa impressionável, mas acho que a maturidade me deixou mais medrosa com o passar do tempo. Antes via filmes de terror e ria deles, hoje preciso de dez pessoas na sala e alguém, sempre palhaço, que faça piada de tudo para não me deixar assustada. A célebre frase da minha mãe é a seguinte... "Deixe de ser besta que esses atores estão ai ganhando dinheiro e você com medo de animação de computador". E todas as vezes que sinto medo de um filme, trato de pensar nisso.
Mas para encher nossa semana do terror, resolvi fazer um TOP 10 com os melhores filmes que assisti nessa categoria. Já vou avisando que grande parte são dos clássicos antigos, já que na época tinha coragem de ver. Os de hoje vejo poucos, e os poucos acho uma merda. Então eu criei uma lista de ordem cronológica de lançamento, e apenas de filmes que eu assisti.
Vamos conferir quais estão nesse TOP 10?

27 outubro 2014

[Semana do Terror] Urbex - Exploração Urbana


Comecei a amar a ideia de Urbex uns anos atrás, quando pesquisava informações para um próximo livro que queria escrever. Nem estava olhando nada com esse nome em específico, mas acabei caindo em um blog que possuía umas fotos sobre, e a paixão foi instantânea. De lá para cá eu montei uma pasta no computador em que salvo todas as fotos que mais me encantam e me assustam dentro da Exploração Urbana. E porque eu resolvi trazer uma postagem sobre isso exatamente na semana do terror? Por que não existe coisa mais apavorante do que o cenário de Urbex, e por ser um assunto pouco conhecido, achei legal dividir essa minha paixão com vocês. 

26 outubro 2014

[Semana do terror] Essa série: Saco de Ossos


Baseada no livro de mesmo nome de Stephen King, Bag of Bones conta a história de Mike Nooman (Pierce Brosnan) é um famoso escritor que não consegue superar a perda de sua esposa, morta repentinamente em decorrência de um aneurisma enquanto estava nos primeiros meses de gravidez do primeiro filho do casal.O trauma causa uma espécie de bloqueio criativo em Nooman, que acaba passando os últimos quatro anos publicando apenas os manuscritos que escreveu antes da tragédia. Para piorar, ele é assombrado por estranhos sonhos que o guiam até a antiga casa de veraneio da família.Mas em vez de paz e consolo a paisagem bucólica da região esconde muitos problemas. Ele acaba conhecendo a pequena Kyra e sua mãe Mattie (Melissa George), uma jovem e bela viúva que luta contra o sogro tirano (William Schallert) pela guarda de sua filha, e resolve ajudá-las. Ao mesmo tempo ele precisa lidar com as constantes visitas de vários fantasmas, entre eles sua esposa, que tenta lhe entregar uma última mensagem, e de Sara Tidwell (Anika Noni Rose), uma cantora de blues cujo espírito ainda habita a casa.Na tentativa de entender o que está acontecendo com seu novo lar, Nooman começa a investigar sua história, chegando a surpreendentes e assustadoras revelações.

Eis a primeira postagem da semana do terror aqui no blog, e já vou dizendo que foi uma semana difícil para mim. Sou uma pessoa muito impressionável e coisas com terror no meio só se eu estiver acompanhada e de um grupo que tire onda de tudo. Imagine minha tragédia para poder ler os dois livros que me propus, e olhe que eles são super leves. 

Saco de Ossos foi baseado no livro de mesmo nome do autor Stephen King. É um dos livros do King que mais tenho vontade de ler, mas acabei optando ver a série antes porque precisava vir falar de alguma com terror, e todas as que gosto já entraram aqui nas postagens. 

24 outubro 2014

É assim que começa... Mate-me quando quiser


É assim que começa... é uma coluna onde apresento os primeiros parágrafos dos livros que leio. As vezes os livros nos ganham pelas capas, mas as vezes eles nos ganham pela primeira voz que ouvimos dele. As páginas falam...
Abra os olhos e escute-as! 




22 outubro 2014

Resenha de "O Desafio de Ferro" (Cassandra Clare e Holly Black)


"Rápido e divertido"


Sinopse: AMIGOS E INIMIGOS. PERIGO E MAGIA. MORTE E VIDA. A maioria dos garotos faria qualquer coisa para passar no Desafio de Ferro. Callum Hunt não é um deles. Ele quer falhar. Se for aprovado no Desafio de Ferro e admitido no Magisterium, ele tem certeza de que isso só irá lhe trazer coisas ruins. Assim, ele se esforça ao máximo para fazer o seu pior... mas falha em seu plano de falhar. Agora, o Magisterium espera por ele, um lugar ao mesmo tempo incrível e sinistro, com laços sombrios que unem o passado de Call e um caminho tortuoso até o seu futuro. Magisterium - O Desafio de Ferro nasceu da extraordinária imaginação das autoras best-seller Holly Black e Cassandra Clare. Um mergulho alucinante em um universo mágico e inexplorado.

O Desafio de Ferro foi a super aposta da Novo Conceito esse mês. E se levarmos em consideração que ele está vindo pelo selo infantil, então eu bato palmas para eles. A propaganda em cima do livro é intensa, principalmente por conta das autoras. Em várias cidades do país aconteceram eventos de promoção desse livro, e eu que pude participar da organização em Maceió, digo que eles realmente estão investindo nessa nova série. Sim, é uma série. 

20 outubro 2014

Resenha de "Canções da minha vida" (Mariana Monteiro)

"Leitura deliciosa"

Sinopse: Maria de Lourdes, mas não a chamem assim, chamem-na Malu, é uma menina de dezessete anos que toca guitarra, tem uma melhor amiga, sonha estar em uma banda de sucesso, em ser feliz com um garoto lindo e ser popular. Uma adolescente como todas as outras, certo? Nem tanto.
É com a perspectiva de uma viagem a Londres que Malu vê a chance de se livrar da presença opressora da mãe e se reinventar do jeito que ela sempre quis. Mas a liberdade tem seu preço, principalmente quando você está despreparada para os desafios que você mesma chamou para si.
Ambientado nos anos 80, Canções da Minha Vida pode ser dividido em três fases: Na primeira, vemos uma Malu assustada e excitada diante da possibilidade de finalmente ser "uma adolescente normal", pois sua mãe nunca lhe deu espaço para caprichos como esses. Malu vai para Londres em companhia da sua melhor amiga e todos os seus sentidos são assaltados por experiências novas, às quais ela simplesmente deseja sobreviver e se adequar. Na segunda fase, Malu mata a sua "Maria de Lourdes" e acredita, com a sabedoria dos que estão começando a viver mas acham que já sabem tudo da vida, que o mundo é um gigantesco brinquedo e existe para lhe dar prazer. E é na terceira fase que ela vai arcar com as consequências das suas descobertas.
Canções da Minha Vida é, sobretudo, uma história de crescimento, próxima do que tantas adolescentes vivem, e ao mesmo tempo única, pois cada menina tem sua singularidade. É uma história de amizade, desafios, da descoberta do amor, da dor, e de si mesma. É também um retrato de uma época, que tanto serve para quem viveu a década de 80, como para quem passou ou passa pelos riscos e delícias da juventude.

Vocês que viram as leituras de setembro puderam perceber o quanto meu mês foi fraco de quantidade de livros lidos. Isso teve muito das problemáticas aqui da minha vida, mas também houve bastante de um bloqueio de leitura. Um bloqueio que foi sanado com Canções da minha vida, que foi uma indicação maravilhosa da linda Ludmila Públio. 

19 outubro 2014

[Bibliotecando] Benefícios e malefícios do post-it


Olá, gente!
Mais uma postagem da coluna Bibliotecando chegando por aqui, e dessa vez para falar de post-it, como uma leitora me pediu na última postagem em que falamos sobre livros em sacos plásticos
Já vou dizendo que essa foi difícil de fazer porque tinha pouco material na internet falando sobre o assunto. E até as embalagens dos post-it não especificavam o material com o qual eles eram feitos. Então corri para ler mais sobre em sites internacionais e acabei achando umas duas bibliotecárias pedindo para os usuários de suas bibliotecas não usarem esses indicadores adesivos nos livros porque a longo prazo eles tendem a manchar as páginas. 

Foi preocupada com isso que resolvi esmiuçar com carinho a situação, e depois de testes, idas e vindas de papelarias, emails com fabricantes e leituras afins na internet, cheguei a conclusão que quase sempre chego quando o assunto são livros: Poder sempre pode, mas existe a possibilidade de danificar. 

18 outubro 2014

#MagisteriumDay [@Novo_Conceito]


Bom dia pessoal!
Para quem acompanha as redes sociais da Novo Conceito, sabe que hoje é o dia destinado a série nova que esta saindo pelo selo #irado, a Magisterium. 
Livro escrito numa parceria incrível entre a Holly Black e a Cassandra Clare, O Desafio de Ferro, primeiro livro da saga, vem com uma proposta de fantasia moderna bem bacana. Mistura magia, elementos da natureza e problemas de adolescentes. 
Passei a semana trabalhando junto com o Felipe Miranda do Oh my Dog, Estol com Bigods, para organizar o evento que acontecerá aqui em Maceió na livraria Leitura. Mas se você for de outra cidade,não desanime, já que #MagisteriumDay acontecerá em várias cidades espalhadas pelo país. Então se você estiver afim de conhecer a série, procure um evento mais próximo a você e vai. Tenho certeza de que será bem legal.